A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes realiza a finalização do projeto “A Fortaleza Feminina – uma ontologia audiovisual”, nesta sexta-feira, 27, às 18h30. A convocatória em abril de 2017 teve como objetivo homenagear Fortaleza pelo aniversário de 291 anos com o apoio de obras de audiovisual em que a titularidade e direção fossem de mulheres.

Os curtas a serem exibidos na finalização do projeto serão “Caixa de Costura”, com direção de Taís Brasil; “A Bancada Feminina”, com direção de Maria Larissa Falcão e “Arly – Eu sou Imensidão”, de Taciana Moura Morais.

Os projetos de curta-metragem contemplados, cuja temática gira em torno da resistência das mulheres negras, brancas, indígenas, lésbicas, cis e trans, tiveram a consultoria da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes e o suporte técnico do Núcleo de Produção Digital nas etapas de pré-produção, produção e pós-produção. Confira a sinopse dos filmes:

“Caixa de Costura”/ Diretora: Taís Brasil/ Sinopse: Grosseria do sujeito que recebe os pedidos de emprego, que, aliás, grita com prazer ao seu subordinado. Passa os olhos por nós, como por cavalos e diz: “Aquela não é forte”. Diz isso de uma garota de 20 anos que largou o serviço há três anos porque estava grávida…

“A Bancada Feminina”/ Diretora: Maria Larissa Falcão/ Sinopse: Cynara é a única a mulher a compor a bateria da G.R.E.S Leões da TUF, a Torcida Uniformizada do Fortaleza Esporte Clube. Através da sua narrativa repleta de dedicação ao clube e à torcida organizada, ela conta como faz da sua vida uma história de paixão pela arquibancada de futebol, um lugar de símbolos e emoções que revela diferentes formas de relação e representatividade da mulher no espaço público.

“Arly – Eu sou Imensidão”/ Diretora: Taciana Moura Morais/ Sinopse: Arly está presa, por sua livre e espontânea vontade. Ela poderia sair no seu carro, pegar a CE 040 e deixar para trás a barraca, legado da família e sua rotina intensa como dona de casa. Mas ela prefere viver seu mundo de sonho e fantasia onde está agora e um dia brilhar como uma grande diva e ser feliz com seu grande amor bem longe de tudo.

Serviço:
A Fortaleza Feminina – uma ontologia audiovisual
Quando: 27/10/2017
Onde: Vila das Artes, Rua 24 de Maio, 1221 – Centro, Fortaleza
Horário: 18h30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *