A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove em dezembro o cineclube da Vila das Artes Telas Abertas com a mostra “Ida Lupino – Subversão e Resiliência”. A mostra contará com quatro sessões e marca a última edição do cineclube Telas Abertas no ano de 2017. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza.

Com curadoria da jornalista, crítica de cinema e realizadora em audiovisual, Camila Vieira,  a mostra “Ida Lupino – Subversão” apresenta ao público quatro obras fundamentais da filmografia de Ida Lupino, atriz, diretora, produtora e roteirista, reconhecida em Hollywood por realizar filmes de baixo orçamento na década de 1940 e 1950 e ser a primeira mulher a dirigir um filme noir. Cada sessão terá debates com profissionais do Cinema e Audiovisual. Confira programação:

Mostra “Ida Lupino – Subversão e Resiliência
Quando: quarta-feira (06/12) às 18h30
Programação: Not Wanted (EUA/1949) 92 min, direção: Ida Lupino
Debate: Camilla Osório, realizadora em audiovisual formada em Cinema pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Quando: quarta-feira (13/12) às 18h30
Programação: O Mundo É O Culpado (EUA/1950) 74 min, direção: Ida Lupino
Debate: Beatriz Saldanha, Mestra em Comunicação Audiovisual pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM), de São Paulo

Quando: quarta-feira (20/12) às 18h30
Programação: Laços de Sangue (EUA/1951) 78 min, direção: Ida Lupino
Debate: Grenda Costa, realizadora em audiovisual formada em Cinema pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Quando: quarta-feira (27/12) às 18h30
Programação: O Mundo Odeia-me (EUA/1953), direção: Ida Lupino
Debate: Ailton Monteiro, Mestre em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *